Publicações

State Organs Matas Trey Cover
Órgãos do Estado – Abuso do transplante na China. Editado por David Matas e Dr. Torsten Trey

Os números de transplantes de órgãos na China estão perdendo apenas para os dos Estados Unidos. Ao contrário de qualquer outro país, praticamente todos os órgãos chineses usados em transplantes vêm de prisioneiros. Muitos deles provêm de prisioneiros de consciência. O assassinato de prisioneiros para a retirada de seus órgãos é uma clara violação dos princípios de ética médica mais básicos. Órgãos Estatais explora o envolvimento de instituições estatais chinesas neste abuso.

O livro reúne autores de quatro continentes, que partilham os seus pontos de vista e perspectivas sobre as formas de combater essas violações. Órgãos do Estado visa informar o leitor e espera influenciar uma mudança na China visando acabar com o abuso.

Órgãos Estatais foi publicado pela Edições Seraphim.

“Parece-me que não posso controlar o que se passa na China. … Mas, podemos controlar o que se passa entre nós. Nós podemos controlar o que se passa em nossas revistas, nossas reuniões, nossos eventos e nossas conferências. Isto é conosco. Pelo menos podemos controlar o que se passa em nossos meios de comunicação”.
– Gabriel Danovitch, MD

“Órgãos que são extraídos de forma antiética ou criminalmente trarão dados de ensaios clínicos que são criminosos ou antiéticos”.

– Eric Goldberg, MD

“A responsabilidade final para a ética do transplante é a equipe de transplante. Eles têm que verificar se o consentimento foi obtido. Eles têm que verificar se a pessoa doou voluntariamente esse órgão. Eles não podem dizer que não sabem de onde o órgão veio. Eles não podem dizer que não se importam de onde o órgão veio.”

– Arthur Caplan, PhD